www.saude.gov.br | www.brasil.gov.br
formulario de login
formulario de busca
fale conosco

Home > Cursos > Avaliação em Saúde

O curso é parte da estratégia nacional de institucionalização do M&A no SUS. Está voltado para o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias à prática do avaliador, no sentido da promoção da melhoria de qualidade das práticas em saúde e da transformação social. O curso faz parte de uma ação interinstitucional, de caráter inovador, promovida pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais, do Departamento de Endemias Samuel Pessoa, e da Coordenação de Educação a Distância. A ação desenvolve-se em parceria com a Central de Monitoramento e Avaliação do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e conta com o apoio do Centers for Disease Control and Prevention do Brasil.

Coordenação

  • Elizabeth Moreira dos Santos (Ensp/Fiocruz) - Coordenação geral
  • Marly Marques da Cruz (Ensp/Fiocruz) - Coordenação geral

Objetivos

 

  • Capacitar técnicos de programas de controle de processos endêmicos em avaliação de programas em saúde, o que permitirá sedimentar e fortalecer os conhecimentos dos profissionais envolvidos com intervenções em saúde pública.
  • Identificar e utilizar os principais instrumentos de planejamento, programação, monitoramento e avaliação do SUS, considerando o processo de municipalização e a descentralização das ações de vigilância em saúde.
  • Analisar os fundamentos epidemiológicos, de planejamento e gestão e as características operacionais dos programas de controle de processos endêmicos e epidêmicos vinculados à área da avaliação em saúde.
  • Elaborar e desenvolver um plano de avaliação abordando temas de interesse e de relevância no contexto da saúde pública.

     

Público-alvo

Profissionais de saúde de organizações governamentais ou não governamentais que atuam ou queiram atuar na área de avaliação de sistemas e serviços de saúde, portadores de diploma de curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação.

Unidades de Aprendizagem

  • UA I - Avaliação e prática avaliativa
  • UA II - Planejando a avaliação: o que avaliar
  • UA III - Modelos e abordagens em avaliação I
  • UA IV - Modelos e abordagens em avaliação II
  • UA V - Técnicas e métodos em avaliação
  • UA VI - Gerenciando e executando a avaliação
  • UA VII - Avaliando a avaliação: meta-avaliação

Avaliação

O sistema de avaliação do curso é baseado na qualidade e na pontualidade na realização das atividades, no desempenho nessas atividades e na participação nos fóruns de discussão. Serão consideradas também as atividades intermediárias e a participação qualitativa em fóruns de discussão. A avaliação do aluno é expressa em conceitos, cuja relação com notas é a seguinte:

  • conceito A/Excelente - notas de 9,0 a 10,0;
  • conceito B/Bom - notas de 7,5 a 8,9;
  • conceito C/Regular - notas de 6,0 a 7,4;
  • conceito D/Insuficiente - notas iguais ou menores que 5,9.

 

Serão aprovados os alunos com conceito A, B ou C, e não aprovados os que obtiverem conceito D, que expressa a condição de insuficiência.

Certificação

A certificação do curso é de responsabilidade da Ensp/Fiocruz, que está credenciada para ofertar cursos de pós-graduação lato sensu, na modalidade a distância, de acordo com a Portaria n. 1.725/2002, do Ministério da Educação (MEC). Ao concluir o curso o aluno receberá o Certificado de Especialização em Avaliação em Saúde, desde que sejam cumpridas as exigências acadêmicas e apresente a documentação completa exigida na matrícula.

Área de prática

Avaliação em Saúde

Nível

Especialização

Natureza

Curso sob demanda

Material didático

Carga horária

Total de 360 horas, sendo 40h destinadas à participação do aluno em encontros presenciais e 320h para as atividades a distância.

Requisitos para inscrição

  • Possuir escolaridade de nível superior;
  • Dispor de recursos ágeis de conectividade por via internet (preferencialmente) ou por via telefone ou ainda pela via postal através dos Correios;
  • Possuir habilidade para utilizar computadores e os recursos de conectividade internet, e-mail, fórum, chat, etc. ou orientação e apoio para tanto;
  • Dispor de pelo menos 06 (seis) horas semanais para dedicar-se aos estudos. 

 

Critérios de seleção

A seleção dos candidatos ao curso se dará por meio de uma banca composta da Coordenação do curso e de integrantes da EAD, com base nos seguintes critérios:

  • análise dos documentos e currículo exigidos na inscrição
  • experiência profissional em vigilância em saúde
  • carta de apoio institucional