Busca
Menu
Você está em:

// Cursos

Atenção Integral à Saúde de Pessoas em Situação de Rua

(com Ênfase em Consultórios na Rua)

Na concepção do curso, duas premissas são essenciais: a integração de saberes e práticas como uma das condições fundamentais para que a atenção em saúde seja de fato integral e a aposta nas tecnologias geradas no cotidiano dos serviços, com base nas diretrizes técnicas e políticas propostas para sua realização. Elas se revelam ao aluno em casos, situações-problema e outras estratégias apresentadas no material didático, com a intenção de favorecer a articulação entre o que é preconizado nas políticas públicas, nos saberes especializados (teorias e técnicas referidas no material didático) e na prática do dia a dia do profissional. O curso promove espaços para discussão e análise crítica dos fatores relacionados à situação de rua, além de ferramentas conceituais para nortear a escolha de formas (mais) apropriadas de ação, em face das circunstâncias concretas vivenciadas no exercício profissional.

A imagem do material procura retratar o ambiente da rua tendo como figura central o ser humano. Na capa temos a fotografia de uma moradora de rua sorridente, que veste uma blusa vermelha, calça jeans e chinelo.

  • Caderno do Aluno: visa apoiar o aluno na compreensão da proposta do curso e do modelo pedagógico adotado, ao contar um pouco da história da nossa instituição e orientar na organização do tempo de estudo. O caderno também auxilia na familiarização com o ambiente mediador do processo de ensino-aprendizagem a distância – o ambiente virtual de aprendizagem (AVA).
  • Caderno de Atividades: inclui todas as atividades a serem realizadas durante o curso, bem como textos disparadores e/ou a indicação de quais materiais podem auxiliar no desenvolvimento do percurso pedagógico.
  • Caderno de Atividades Tutor: traz informações para orientar o trabalho de mediação do tutor e condução das atividades junto aos alunos.
  • Biblioteca multimídia: disponibilizada em um CD-ROM, que contém o material completo do curso, além de vídeos, documentos, artigos etc. que visam enriquecer a atuação do aluno em sua prática cotidiana. O CD apresenta-se como um suporte funcional, de fácil transporte e utilização, que possibilita a veiculação de outras mídias usadas no curso.

Técnica de Marcação
Políticas, Gestão e Atenção em Saúde

Total de 196 horas, das quais 56 horas presenciais e 140 horas a distância.  A carga horária semanal de dedicação do aluno aos estudos é de 5 horas.

25/01/2016 a 13/05/2016.

O processo de seleção consistirá na análise da documentação enviada pelos candidatos juntamente com a Carta de Indicação Institucional (cf edital).

  • Território e redes
  • Gestão do processo de trabalho
  • Cuidado à pessoa em situação de rua

Objetivos

Qualificar equipes multiprofissionais e intersetoriais para a atenção integral às pessoas em situação de rua, em consonância com as diretrizes técnicas e políticas propostas para esta atenção, contribuindo para a articulação das redes do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e para formação de multiplicadores de boas práticas na atenção integral à população em situação de rua.


Público-alvo

Profissionais dos Consultórios na Rua (público principal) e de outros serviços que auxiliam ou articulam atividades de atenção integral à saúde de pessoas em situação de rua.



Requisitos básicos

Os profissionais devem ser do território e da rede de serviços onde a equipe do Consultório na Rua atua/trabalha; de preferência devem atuar/trabalhar junto a essa equipe ou no cuidado à população em situação de rua, assim como possuir habilidade para utilizar computadores e dispor de recursos ágeis de conectividade com internet, e-mail, fórum, chat etc.


Avaliação

O desempenho será avaliado mediante o conjunto das produções realizadas durante o curso, a distância ou presencialmente, individual e coletivamente. Serão consideradas: a dedicação do aluno, a qualidade de suas produções e a pontualidade na entrega das atividades propostas.

A equivalência de notas e conceitos adotada no curso é a seguinte:

  • conceito A (Excelente):  notas de 9,0 a 10,0;
  • conceito B (Bom ):  notas de 7,5 a 8,9;
  • conceito C (Regular):  notas de 6,0 a 7,4;
  • conceito D (Insuficiente):  notas iguais ou menores do que  5,9


A nota/conceito final do aluno sintetiza as notas/conceitos obtidos em cada unidade de aprendizagem. Os alunos com conceito final A, B ou C são aprovados, e os que obtêm conceito D não são aprovados.


Seleção

03/06/2016.


Certificação

Cumpridas as exigências acadêmicas e documentais do curso, o aluno recebe o Certificado de Qualificação Profissional em Atenção Integral à Saúde de Pessoas em Situação de Rua com Ênfase em Consultórios na Rua, concedido pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz.


Técnica de Marcação
RODAPE
Onde Estamos Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
Rua Leopoldo Bulhões, 1480
Prédio Prof. Joaquim Alberto Cardoso de Melo
Manguinhos – Rio de Janeiro – RJ CEP: 21041-21
Texto de marcação
  • Coordenação da EAD : Tel. (21) 2598-2996
  • Serviço de Gestão Acadêmica e Qualificação Profissional - SECA Lato E-mail: secalato@ensp.fiocruz.br
  • Processo Seletivo (candidatos aos cursos e público em geral) E-mail: pseletivo@ead.fiocruz.br. Tel: (21) 2598-2951
  • Acompanhamento (alunos dos cursos na modalidade EAD) - E-mail: acompanhamento@ead.fiocruz.br - Tel: (21) 2598-2484
  • Certificação (egressos na modalidade EAD) - E-mail: certificacao@ensp.fiocruz.br - Tel. (21) 2598-2727.
CRÉDITOS
COPYRIGHT © 2017 ENSP/FIOCRUZ.