Busca
Menu
Você está em:

// Cursos

Tecnologias Educacionais para a Prática Docente no Ensino da Saúde na Escola

O curso está estruturado em três dimensões principais que constituem o fio condutor de estratégias didáticas que estimulam o pensamento crítico do docente, tendo como tônica a relação entre teoria e a realidade escolar. Para tanto são previstos momentos de reflexão, de construção individual, de compartilhamento e de construção coletiva, apoiados por um professor-tutor que acompanha os educandos/docentes presencialmente e a distância, durante o percurso de aprendizagem.

É ofertado em 12 polos de apoio presencial da UAB, nos municípios dos Estados do Acre, Ceará, Tocantins, Minas Gerais, Espírito Santos, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

É na interface entre os campos da saúde, educação e de tecnologias educacionais, no conceito ampliado de saúde, na perspectiva emancipadora dos processos educativos e na visão crítica sobre uso educacional de tecnologias digitais de comunicação e informação (TDIC) que o curso se situa e justifica sua relevância.

Coordenadoras: Profa. Dra.  Elomar Castilho Barilli e  Profa. Dra.Rosely Magalhães de Oliveira

O material didático é um componente essencial do curso. Está organizado em um conjunto didático composto pelo caderno do aluno, um material denominado trilhas de aprendizagem no formato de uma revista digital e uma midiateca.  O caderno do aluno apresenta orientações e ajuda na compreensão da proposta do curso (modelo pedagógico adotado, na organização do tempo para estudos e também sobre o uso da plataforma virtual).  As trilhas de aprendizagem, estrutura a dinâmica do curso,  apresentando todas as atividades propostas e  norteando a caminhada do aluno e; a midiateca contendo materiais complementares em diferentes formatos.

Técnica de Marcação
Outras

Total de 400 horas, sendo 48 presenciais, 322 a distância e mais 30 para elaboração do trabalho final (TCC), com duração de 12 meses

  • UA I – Cada escola uma história
  • UA II – Um olhar ampliado para a escola
  • UA III – Plano-ação: integrando saúde e TDIC na escola
  • UA IV – Estruturando um caminho para a ação (unidade transversal

Objetivos

  • Propiciar a reflexão sobre a relação educação e saúde, na perspectiva da participação cidadã e da construção compartilhada de conhecimentos, saberes e práticas.
  • Promover a reflexão crítica sobre a apropriação da tecnologia educacional no fazer docente (suas características, dimensões, necessidades e implicações).
  • Contribuir para o desenvolvimento de práticas educativas críticas mediadas pelas TDIC, tendo a saúde como tema integrador.

Público-alvo

Prioritariamente, professores da educação básica das diferentes áreas do conhecimento e profissionais da saúde que desenvolvem atividades no ensino, com experiência docente comprovada e habilidades no manuseio de ferramentas digitais.



Requisitos básicos

  • Preencher a ficha de inscrição no Portal EAD/ENSP/Fiocruz
  • Possuir escolaridade de nível superior
  • Estar desempenhando atividades de ensino
  • Dispor de recursos ágeis de conectividade com a internet
  • Possuir habilidade para utilizar computadores e os recursos de conectividade internet: e-mail, fórum, chat etc., ou orientação e apoio para tanto
  • Dispor de pelo menos 10 (dez) horas semanais para dedicar-se aos estudos do curso

Avaliação

A avaliação do desempenho do educando/docente acontece no decorrer do curso, englobando ações de acompanhamento e de avaliação. As ações de acompanhamento dizem respeito à realização das atividades previstas e ao grau de participação e interesse do educando/docente nas atividades do curso. Essas ações não implicam necessariamente notas, pois seu sentido maior é identificar necessidades de aprendizagem ao longo da formação e a qualificação da avaliação do educando/docente.

Para a análise do desempenho em cada unidade e no curso, em sua totalidade, serão observados aspectos, como: discussão das questões relacionadas ao conteúdo; reflexão sobre as experiências apresentadas, articulando-as à base teórica trabalhada; promoção e participação nas discussões com os colegas; articulação de práticas com reflexões teóricas para maior compreensão sobre o contexto de trabalho; comprometimento com a execução do cronograma.   

O cálculo da nota final do educando/docente no curso é a média aritmética das notas obtidas em cada unidade de aprendizagem.  

A avaliação do educando/docente é expressa em conceitos, cuja relação com notas é a seguinte:

  • conceito A/Excelente: notas de 9,0 a 10,0;
  • conceito B/Bom: notas de 7,5 a 8,9;
  • conceito C/Regular: notas de 6,0 a 7,4;
  • conceito D/Insuficiente: notas iguais ou menores que 5,9.

Seleção

Para informações referentes a seleção e inscrição em nossos cursos, verifique os editais de seleção, disponíveis em http://www.ead.fiocruz.br/processo-seletivo/todos?formulario=1.


Certificação

O educando/docente será considerado formado se cumprir, simultaneamente, as seguintes exigências: 

  • estar presente em, pelo menos, 75% da carga horária de cada encontro presencial;
  • realizar todas as atividades propostas pelo curso;
  • alcançar, no mínimo, o conceito C em cada unidade de aprendizagem e no TCC;
  • cumprir o prazo máximo estabelecido para finalização das unidades de aprendizagem e do TCC.

Ao educando/docente que concluir o curso de 400 horas será conferido o Certificado de Especialização em Tecnologias Educacionais para a Prática Docente no Ensino da Saúde na Escola.


Técnica de Marcação