Busca
Menu
Você está em:

// Cursos

Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa

No ano de 2006, o Ministério da Saúde e as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde assumiram, através do Pacto Pela Vida, a prioridade da saúde da população idosa. Dentre as ações elencadas e pactuadas entre as três esferas de gestão estava a implantação de Programa de Educação Continuada na área de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa para todos os profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). A partir de então, o Ministério da Saúde, por meio das Secretarias de Atenção à Saúde e de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde estabeleceu convênio com a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz) com o objetivo de desenvolver estratégia de capacitação de profissionais na área.

É nesse contexto de ampliação e de reconhecimento que a formação de recursos humanos para a área da saúde requer a existência de processos educativos pautados na realidade social, étnica e cultural, e na busca permanente de melhoria da qualidade do cuidado, no âmbito do SUS, que surge o desafio de implantar o Curso de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa e na modalidade a distância.

A capa do livro apresenta uma cena com quatro pessoas representadas em grafismo, uma pessoa adulta com um livro na mão e outras três figuras infantis, sugerindo a cena de uma “contação” de histórias. As cores da capa são leves e meio aquareladas em azul,

  • Caderno do Aluno digital: objetiva apoiar o aluno na compreensão da proposta do curso e do modelo pedagógico adotado, orientando-o sobre a organização do seu tempo para os estudos. O caderno também irá auxiliar o aluno em sua familiarização com o ambiente mediador do processo de ensino-aprendizagem a distância – o ambiente virtual de aprendizagem.
  • Livro-texto Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa digital: organiza os conteúdos previstos na proposta curricular do curso, propiciando a dinâmica para o estudo por meio de estratégias pedagógicas que estimulam o aluno a realizar uma análise crítica da realidade; contextualiza as práticas e, com base na reflexão sobre elas e nos subsídios teóricos estudados, articular teoria e prática.
  • Caderno de Atividades digital: traz as atividades que o aluno trabalhará ao longo do curso.
  • Biblioteca multimídia: contém textos, artigos, legislação e o material completo do curso. Ela está organizada em um CD-ROM – suporte funcional, de fácil transporte e utilização, que possibilita a veiculação de outras mídias usadas no curso.

Técnica de Marcação
Políticas, Gestão e Atenção em Saúde Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social

A carga horária total do curso é de 500 horas, com duração de 11 (onze) meses.

09/06/2016 a 09/07/2016.

O processo de seleção será realizado por uma Comissão composta pela Coordenação do Curso e por professores da EAD/ENSP/Fiocruz e outros profissionais, se necessário, indicados pelo Ministério da Saúde. A seleção consistirá na análise objetiva da Carta de Indicação Institucional e da documentação enviada pelos candidatos indicados.

  • Envelhecimento, velhice, sociedade e políticas
  • Demografia e epidemiologia do envelhecimento
  • Atenção à saúde da pessoa idosa
  • Participação social e envelhecimento

Objetivos

Formar profissionais de nível superior do setor saúde para atuarem na rede básica de assistência à saúde, com ênfase na estratégia saúde da família, para a operacionalização de atividades que visem a prevenção de perdas, a manutenção e a recuperação da capacidade funcional da população idosa e para o controle dos fatores que interferem no estado de saúde dessa população.


Público-alvo

Profissionais da área da saúde, portadores de diploma de curso superior reconhecidos pelo Ministério da Educação, que atuem na rede de assistência básica em saúde do SUS, preferencialmente na estratégia saúde da família.



Requisitos básicos

Ter nível superior; atuar na assistência básica de saúde e preencher a ficha de inscrição disponível no Portal da EAD.


Avaliação

O aluno do curso é avaliado por meio de atividades obrigatórias, que envolvem investigação e planejamento, e que são realizadas individualmente, a distância, sob a sua supervisão do tutor. Também serão consideradas outras produções do aluno, como esquemas, resumos, sínteses, mapeamentos, levantamentos, investigações, participação em fóruns temáticos e atividades no ambiente virtual de aprendizagem.

A avaliação do aluno é expressa em conceitos, cuja relação com notas é: 

  • conceito A/Excelente - notas de 9,0 a 10,0; 
  • conceito B/Bom - notas de 7,5 a 8,9; 
  • conceito C/Regular - notas de 6,0 a 7,4; 
  • conceito D/Insuficiente - notas iguais ou menores que 5,9. 


São aprovados os alunos com conceitos A, B ou C, sendo que a nota final em cada unidade de aprendizagem não pode ser inferior a 6,0. Os alunos com conceito D, que expressa a condição de insuficiência, não são aprovados no curso.


Seleção

30/09/2016.


Certificação

Aos alunos concluintes é conferido o certificado de Qualificação Profissional em nível de Aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa, expedido pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fundação Oswaldo Cruz


Técnica de Marcação
RODAPE
Onde Estamos Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca
Rua Leopoldo Bulhões, 1480
Prédio Prof. Joaquim Alberto Cardoso de Melo
Manguinhos – Rio de Janeiro – RJ CEP: 21041-21
Texto de marcação
  • Coordenação da EAD : Tel. (21) 2598-2996
  • Serviço de Gestão Acadêmica e Qualificação Profissional - SECA Lato E-mail: secalato@ensp.fiocruz.br
  • Processo Seletivo (candidatos aos cursos e público em geral) E-mail: pseletivo@ead.fiocruz.br. Tel: (21) 2598-2951
  • Acompanhamento (alunos dos cursos na modalidade EAD) - E-mail: acompanhamento@ead.fiocruz.br - Tel: (21) 2598-2484
  • Certificação (egressos na modalidade EAD) - E-mail: certificacao@ensp.fiocruz.br - Tel. (21) 2598-2727.
CRÉDITOS
COPYRIGHT © 2017 ENSP/FIOCRUZ.